Parabéns, Max!

Max, intervenção artística na JFPS.

Assinala-se hoje o nascimento do popular artista Maximiano de Sousa, mais conhecido por Max.

Nascido a 20 de janeiro de 1918, no Funchal, Max, o alfaiate que sonhava ser barbeiro, ficou para sempre ligado à Ilha do Porto Santo através do imortal anúncio “Porto Santo”.

O “jingle” publicitário composto por Max, Libertino Lopes e Teodoro Silva, para promover a Companhia das Águas do Porto Santo e nos fala da praia, do mar, das águas prateadas nas noites de Verão, viria a tornar-se o hino não oficial da Ilha, revelando tudo o que a memória coletiva guarda do Porto Santo. “Oh ilha do Porto Santo / Da uva tão saborosa / O teu Sol é um encanto / Tua praia a mais formosa / E até Zarco ao descobrir-te / E ao pisar teu solo amigo /”.

Max, de quem hoje assinalámos o 103º aniversário, viria a tornar-se um dos mais populares artistas da rádio e da televisão (na altura dava os primeiros passos, com sucessos como A mula da cooperativa, Rosinha dos Limões, ou Bailinho da Madeira.

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

JPP reclama reconhecimento da Fonte da Areia

Qua Jan 20 , 2021
O partido Juntos pelo Povo (JPP) quer o sítio da Fonte da Areia reconhecido como Monumento Natural. Durante o debate, ontem, na Assembleia Legislativa Regional, o deputado do JPP, Rafael Nunes questionou o motivo pelo qual o emblemático espaço porto-santense não integra a lista da Rede de Monumentos Naturais da […]