Organização do Porto Santo Nature Trail está no terreno

PSNT decorre este fim de semana na Ilha.

Os trabalhos de preparação da prova de atletismo Porto Santo Nature Trail (PSNT) já estão no terreno.

A identificação dos percursos através de sinalética própria e a limpeza dos trilhos já é uma realidade. A prova acontece já este fim de semana.

Integrada no Circuito Trail Madeira, a 9º edição da prova do Porto Santo decorrerá entre os dias 29 e trinta deste mês.

Trilhos do Porto Santo são lugar de excelência para o trail

O evento integra três provas pontuáveis para o ranking do Circuito Trail Madeira. A prova rainha com 45,70 km e 2060 metros de desnível positivo
(PSNT), o trail do Porto Santo (TPS) com 22,70 km e 1200 metros de desnível positivo e o Mini Trail do Porto Santo (MTPS) com 8 km e 300 metros de desnível positivo.
para os mais jovens, a Associação de Atletismo da Madeira preparou uma prova-extra: Kids Trail do Porto Santo (KTPS) – entre 1 km e 3 km.

PSNT percorre toda a Ilha

O percurso da prova desenrolar-se-á ao longo de alguns dos mais emblemáticos espaços da Ilha, tais como: o Cais (início da prova), Calheta, com passagens por Ponta, Pico das Flores, Ponta da Canaveira, Morenos, Espigão, Pico de Ana Ferreira, Marinhas, Eiras, Cabeço de Bárbara Gomes, Fonte da Areia, Camacha, Pico do Castelo, Pedregal de Fora, Pico Juliana, Pico Branco, Serra de Dentro, Portelinha, Serra de Fora, Portela, Capela de Nossa Senhora da Graça, Pé do Pico e centro da cidade Vila Baleira (meta).

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

Cadela desaparecida

Qui Mai 27 , 2021
Foi lançado um apelo nas redes sociais para encontrar uma cadela desaparecida. O animal, uma cadela “Perdigueiro Português”, vivia no Sítio do Pé do Pico, na Ilha. Caso a encontrem, contactem o corpo de Vigilantes da Natureza que a entregarão ao dono.