Mais 399.405.00 euros para a SDPS

Resolução já foi publicada

A Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo (SDPS) irá receber mais trezentos e noventa e nove mil e quatrocentos e cinco euros.

O dinheiro visa o “financiamento do défice de exploração” provocado pelo Covid 19, de acordo com a resolução publicada esta segunda feira no JORAM. Este documento identifica também outros apoios para as outras sociedades de desenvolvimento da Região. Sendo a do Porto Santo aquela que mais recebe, por vezes mais do dobro do apoio.

A comparticipação financeira, do Governo à SDPS, procura assim colmatar a isenção temporária de rendas e taxas, bem como o encerramento de empreendimentos sob administração daquela Sociedade.

Recorde-se que, no Porto Santo, estão na alçada desta organização vários espaços, como: o Campo de Golfe, o Complexo de Ténis, o Centro Hípico, o Parque de Campismo, o Centro Cultural e de Congressos, bem como o edifício da “Baiana” (alvo de uma prolongada intervenção), entre outros. A SDPS conta ainda com cerca de quatro dezenas de colaboradores.

 A SDPS, criada em 1999, tinha como objetivos: criar de infra-estruturas, implementar equipamentos, maximizar recursos e assim promover o desenvolvimento integrado do Porto Santo.

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

Universidade Sénior do Porto Santo expõe “toques d’alma”

Qua Nov 11 , 2020
Se uma imagem vale mil palavras, não existem no mundo palavras suficientes para descrever a exposição “toques d’alma”, da Universidade Sénior do Porto Santo. “toque sem usar as mãos” Inspirada no poema de Gabriel Castro “Eu já vi beijos sem usar os lábios, toque sem usar as mãos”, as fotografias […]