Lembrar os entes queridos em tempos de pandemia

Last Updated on 11/01/2020 21:31 by Carlos Silva

Controlo sanitário à entrada do Cemitério de Santa Catarina

Apesar de todas as restrições, mantêm-se as tradições. E o Dia de Todos os Santos é a ocasião para, de acordo com o calendário religioso católico, visitar os cemitérios.

Munidos de ramos de flores, mais ou menos exuberantes, dezenas de porto-santenses deslocaram-se ao único cemitério da Ilha, para homenagear familiares e amigos já falecidos.

Este ano com muitas restrições. Em tempos de pandemia, o Serviço de Proteção Civil e a Câmara Municipal estabeleceram um plano de contingência. À entrada, é medida a temperatura, são desinfectadas as mãos e efectuado o registo do nome de cada um dos visitantes. O número máximo foi estabelecido nas cinco dezenas e, claro, o uso da máscara é obrigatório. Depois da visita, a saída é feita por um portão diferente, para evitar o cruzamento de pessoas.

Amanhã, Dia dos Fiéis Defuntos, mantêm-se as mesmas medidas.

De acordo com a DGS, a Madeira já ultrapassou as quatro centenas de casos de infecção, desde Março.

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

Extrair areia no Porto Santo

Seg Nov 2 , 2020
Last Updated on 11/01/2020 21:31 by Carlos Silva Decorrem a bom ritmo os trabalhos de extração de areia na Ilha do Porto Santo. Camiões e retroescavadoras, homens e máquinas têm mantido uma intensa atividade na zona da Fonte da Areia, na Ilha Dourada. No local (ver imagem) é possível observar […]