Eólica alvo de reparação

Equipa de manutenção está no terreno

A única eólica atualmente existente na Ilha está a ser alvo de reparação.

Propriedade da Empresa de Eletricidade da Madeira (EEM), promotora do projeto Porto Santo Smart Free Fossil Island, o aerogerador tem vindo a acusar a idade – 20 anos e a sofrer o impacto do clima. As descargas atmosféricas ocorridas no dia de Natal danificaram equipamentos na base e no topo do aerogerador e obrigam a uma intervenção por parte da empresa responsável pela operação e manutenção.

A reparação das avarias foi, entretanto, condicionada pela deteção de um caso de Covid-19 na equipa de manutenção e pela ausência do navio Lobo Marinho, que limitou o acesso ao materiais necessários para reparação.

A única eólica existente, parada há sensivelmente mês e meio, representa uma das duas fontes de energia renováveis na Ilha que, como é do conhecimento público, integra as reservas da Biosfera da Unesco.

Covid condiciona intervenção

A deteção de um caso de Covid-19 na equipa reponsável pela manutenção obrigou à interrupção dos trabalhos e ao isolamento profilático da equipa.

A ausência do ferry condicionou igualmente os trabalhos. De acordo com fonte da EEM, “o transporte de material para as intervenções carece da deslocação da carrinha de apoio, sendo que existem materiais interditos no avião (gás azoto).”

Fonte de energia renovável deverá regressar ao ativo em breve. Crédito: TOP FM

Apesar de todas as condicionantes, a empresa proprietária da eólica assegura que estão a decorrer intervenções destinadas a substituir os elementos queimados pelas descargas atmosféricas.

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

30 toneladas de resíduos retiradas dos Morenos

Sex Fev 19 , 2021
O acesso à zona de lazer dos Morenos foi alvo de uma intervenção profunda. Dos trabalhos realizados pela equipa do Governo resultou a retirada de cerca de 30 toneladas de resíduos orgânicos, sobretudo ramagens e resíduos de catos caraterísticos daquela zona, conhecidos por piteiras ou cato-dos-cem-anos. “É uma ação que […]