Derrame há semanas no Campo de Cima

Apesar dos alertas, o desperdício de água mantém-se

Há semanas que uma fuga de água se mantém no Sítio do Campo de Cima.

Na Rua do Devoto Santíssimo (nome de um antigo carreireiro), a água corre pelo passeio, desperdiçada, indiciando uma rutura na canalização.

A fuga, embora de pequena dimensão, representa não só um desperdício de um bem essencial, como uma ameaça à saúde pública. Existindo uma rotura na conduta torna-se mais fácil a contaminação da água utilizada para consumo humano.

Naquele local verificaram-se já várias rupturas e consequentes arranjos, o que indicia um problema maior.

Avisos e alertas caem em saco roto

Preocupados com a situação do derrame de água, os moradores têm enviado diversos alertas para a empresa de Águas e Resíduos da Madeira (ARM). Sem sucesso.

De acordo com os proprietários da zona, tanto as comunicações por via eletrónica como os ofícios enviados têm ficado sem resposta. A fuga de água, não sendo de grande dimensão, além de implicar custos financeiros, representa uma grave perigo para a saúde pública.

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

Chuvas revelam tesouros da flora na Ilha

Sex Mar 5 , 2021
Plantas únicas, flores que só existem no Porto Santo, espécies que raramente nascem têm feito as delícias dos amantes da Botânica. A grande quantidade de chuva que caiu este inverno tem permitido observar verdadeiros tesouros da flora porto-santense. Uma oportunidade única para observar endemismos do Porto Santo, no extenso manto […]