Democracia cultural europeia no Porto Santo

Cultura e Democracia em debate na Ilha

A Ilha está, por estes dias, no centro do debate sobre a democracia cultural na Europa.

O ponto alto desse debate  acontecerá na conferência “Da democratização à democracia cultural: repensar instituições e práticas”, que decorrerá durante dois dias, 27 e 28 de abril.

A iniciativa, do Plano Nacional das Artes, em conjunto com o Gabinete de Estratégia, Planeamento e Avaliação Culturais (GEPAC), acontece na altura em que Portugal ocupa a Presidência do Conselho da União Europeia. 

No final da conferência, será apresentada a “Carta de Porto Santo”, um documento orientador, com princípios e recomendações para a promoção da cidadania cultural plena.

A conferência decorrerá em formato híbrido, presencial e digital, e conta com a presença de responsáveis políticos nacionais e europeus, das áreas da cultura e da educação.

Como garantir a democracia na esfera cultural?

A conferência procura responder a esta e muitas outras questões: “Como garantir a democracia na esfera cultural? Que relações de poder se estabelecem nas instituições e nas práticas culturais? O que significa partilhar a autoridade? Como tratam, os responsáveis institucionais, os públicos: como consumidores ou como colaboradores? Pode a relação com as artes e o património ajudar a emancipar as pessoas? As instituições valorizam os interesses e necessidades dos cidadãos, dão-lhes voz, respeitam a diversidade das práticas culturais e a representatividade de diferentes comunidades na sua programação? Qual o impacto das instituições culturais na saúde democrática de uma comunidade?”

Das respostas dará conta o documento final “Carta do Porto Santo”.

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

Porto Santo XXI – Inevitavelmente sós, em busca de novo rumo

Ter Abr 27 , 2021
“Com a chegada da primavera, chegam também as primeiras notícias sobre as candidaturas às próximas eleições autárquicas.” (Crónica de Tiago Camacho) De regresso às crónicas semanais (pedindo desde já desculpa pela ausência, por motivos pessoais), aproveito para debruçar-me sobre os assuntos do momento. Com a chegada da primavera, chegam também […]