Carta aberta ao Presidente do Governo Regional

Excelentíssimo Senhor Presidente do Governo Regional da Região Autónoma da Madeira,

sinto ser meu dever lembrar-lhe a tremenda injustiça a que vota os residentes da ilha do Porto Santo.

Somos prisioneiros na própria ilha. Os comerciantes e empresários definham.

Os cinco dias de confinamento e os horários de fecho são claramente perniciosos ao desenvolvimento e sustentabilidade da economia da nossa Ilha.

Deste modo, rogo-lhe que tenha um cuidado especial para connosco, já que, por natureza, estamos sujeitos a uma dupla insularidade.

A bem do Povo do Porto Santo, levante estas injustiças.

José Silveira

(Carta aberta de um leitor do jornal digital A Ilha devidamente identificado)

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

Dia da Terra

Qui Abr 22 , 2021
No Dia Mundial da Terra há imagens que dispensam palavras. Sem mais, aqui fica a homenagem.