Cada porto-santense devia 556 euros

Direção Regional de Estatística da Madeira divulgou números do Porto Santo. Crédito: CMPS

Pouco mais de quinhentos euros era o valor da dívida municipal por habitante no Porto Santo, de acordo com a DREM, no final de 2019.

Uma dívida bastante superior à média da Região que se situava nos 284 euros. Os porto-santenses ocupam o segundo posto, numa lista encabeçada pelo Porto Moniz (713 euros), mas bastante superior a Santana, onde a dívida não ultrapassa os 30 euros por habitante.

Segundo a Direção Regional de Estatística da Madeira, o Município do Porto Santo apresentava, nessa data, uma dívida total de 2.893.000.00 euros (2.535.000.00 a médio e longo prazo e o restante a curto prazo). O sétimo município mais endividado da Região, ainda assim, bem distante do 37.286.000.00 de euros de dívida do Funchal, mas muito mais que os 255 mil euros da Ponta do Sol ou 230 mil de Santana.

Já a receita por habitante ultrapassava os oitocentos euros (835), superior à média da Região que se situa nos 703 euros.

Outros números

O município do Porto Santo teve uma receita total de 4.344.000.00 euros. Os impostos situaram-se em 50,0% do total da receita, num aumento face a 2018, quando representava apenas 42,9%. O Imposto Único de Circulação, o Imposto Municipal sobre a Transmissão de Imóveis, o Imposto Municipal sobre Imóveis e a Derrama são os principais contribuidores da receita. O Porto Santo foi mesmo o 5º município que mais cobrou IMI (1.348.000.00 euros).

A derrama, cuja anulação hoje o PSD vai propor na Assembleia Municipal do Funchal, representou em 2019, uma receita para a Ilha do Porto Santo de 120.000.00 euros. Na Madeira, apenas três municípios cobraram a Derrama: Santa Cruz, Funchal e Porto Santo.

Quanto aos encargos com o pessoal, o município ocupou a 5ª posição, com uma verba de 2.346.000.00 euros.

Estes e outros dados podem ser consultados em: https://estatistica.madeira.gov.pt/

A importância das estatísticas

Estatística para definir estratégias

A Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM) analisa e publica regularmente números da Região, em áreas tão distintas como: a Educação, o Desemprego, as Condições de vida, a Saúde. Nesta última, uma compilação de um conjunto de dados sobre os Centros de Saúde da RAM, viu a sua divulgação adiada sem nova data prevista.

A estatística permite avaliar o resultado das medidas adotadas pelo Governo e pelos Municípios e preparar novas estratégias com impacto no quotidiano dos cidadãos.

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

2020 em revista

Qui Dez 31 , 2020
A Ilha do Porto Santo recebeu o novo ano de 2020 com muita esperança, longe de imaginar a convulsão mundial que estaria para chegar. JANEIRO O anúncio da duplicação de escalas de navios – 16 reservas no total – faziam anunciar um ano de excelência turística. O encerramento das comemorações […]