Alguém tem o telefone do Amílcar?

É só um fiozinho de água, há meses…

O que fazer quando há um problema na Ilha? Um buraco na estrada? Uma fuga de água?

Alguém aventou esta semana que os problemas podem ser resolvidos com um telefonema. Bem, precisamos do número de telefone do responsável pela distribuição de água no Porto Santo. É que há um fio de água a correr há meses na Rua do Barqueiro. Apesar dos ofícios, dos emails e das notícias, não há meio de ser arranjado. É uma fuga pequena, é certo, mas é uma fuga que corre há imenso tempo.

Imaginem um copo de poncha! Um copo pequenino de 10, 15 cl! Imaginem agora que, a cada uma hora, derramavam no chão o líquido dessa tradicional bebida. A cada dia, 24 copos; a cada semana, 168; a cada mês 720 e assim sucessivamente… Agora substitua a imagem do copo de poncha pela água que corre há meses pelo passeio, desperdiçada!

Apesar dos alertas, apesar dos ofícios e mensagens, os responsáveis pela distribuição de água potável no Porto Santo ignoram olimpicamente a questão!

Podemos viver sem poncha, mas sem água…

P.s: Além do desperdício do precioso líquido, trata-se de uma questão de saúde pública, já que a fuga pode ser uma porta de entrada para a contaminação da água.

Carlos Silva

Depois de uma viagem tranquila, mergulhado num mar de dúvidas, aportei a 2 de setembro de 1999, à Ilha do Porto Santo! À chegada, uma doce e quente onda de calor, qual afago de mulher amada, assaltou-me, até hoje! Do sucedido de então, até aos dias de hoje, guardo-o na memória; os sucessos, de hoje em diante, aqui ficam, para memória futura, da minha passagem pela Ilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Next Post

Há mais mulheres do que homens na Ilha

Qua Mar 17 , 2021
Elas são 2663, contra 2539 homens. Os números, da Direção Regional de Estatística (DRE), relativos a 2019 registam um total de 5202 residentes no Porto Santo. Um saldo natural em queda, já que se registaram 46 óbitos e apenas 32 nascimentos: 11 bebés do sexo masculino e 21 do sexo […]